Tudo sobre no-break para segurança eletrônica

Tudo sobre no-break para segurança eletrônica

Quantas vezes nos deparamos com sistemas de segurança eletrônica sem no-break ou redundância para falta de energia?

Já escrevemos artigos sobre gravação de imagens em unidades NAS e em storage de Rede, mas do que adianta este sistema se com a primeira queda de energia o sistema fica inoperante?

Pensando nesta demanda, a mais de um ano iniciamos um trabalho de pesquisa, desenvolvimento e homologação de sistemas de energia para nosso segmento pois o que encontramos na maioria são nobreaks para informatica ou fontes redundantes para provedores.

Depois de alguns meses ja realizando analises e distribuindo equipamentos para nossa comunidade efetuar testes vamos apresentar para voces colegas de profissão a linha desenvolvida para esse segmento pela Lacerda Sistemas de Energia tradicional fornecedora de milhares de no-break para bancos, redes atacadistas e muito mais.

http://www.lacerdasistemas.com.br/

O que existe de diferente?

Uma fonte compacta e eficiente

Calculadora para autonomia e dimensionamento do seu sistema

Já obtivemos 4 horas de autonomia com 1 câmera 1080p com esta fonte
Fonte UPS
Painel Frontal

Utilizamos uma unidade desta fonte em nosso sistema de CFTV Principal em nossa sede. Em nosso sistema contamos com 18 Câmeras entre analógicas e Ips e seu desempenho é ótimo alem de oferecer proteção individual para cada câmera

No-break NMS 2000 On Line dupla conversão

|Painel Traseiro

Você deve pensar: qual a necessidade de um equipamento como esse?

Imagine uma central de monitoramento, com este equipamento você pode monitorar diversos recursos como tensão de entrada e saída, nível de baterias e até efetuar manutenção no mesmo.

Com suporte ao protocolo SNMP é possível integrar o equipamento a plataformas como Zabix entre outras.

E energia solar?

Instalação de Energia solar

Como mostramos a Lacerda sistemas de energia oferece diversas opções para nosso mercado de segurança eletrotônica de forma profissional e acessível!

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta