O DVR ou NVR pode alterar a qualidade de uma Fonte de vídeo IP?

Câmera IP Dahua em DVR JFL sendo visualizado em um Motorola Moto X

É comum em nossos treinamentos e grupos de discussão tais alegações , no browser a imagem é melhor ou pior que no DVR ou NVR e vice versa .

O que devemos considerar e que cada dispositivo que visualizamos as imagens seja um DVR, NVR, Celular ou computador altera sim a qualidade da imagem .

Falando sobre NVR ou DVR , estes dispositivos possuem ajustes de resolução , de brilho e contraste além de processarem a imagem que é gerada pela câmera .

Devemos considerar alguns pontos chave:

  • Qual a necessidade de Bitrate da câmera 
  • Qual a marca da câmera e o gravador afinal se forem da mesma marca utilizam protocolos específicos e que tratam alguns recursos diretamente e sim o resultado será melhor. 
  • A resolução de saída do dispositivo é compatível com a fonte IP? Esse detalhe é muitas vezes despercebido e já mencionamos em um outro post anteriormente. Devemos considerar que essa compatibilidade pode alterar todos os resultados.
  • Utilização de televisores é outro fator importante, as TVs tem seus ajustes de imagens mais fáceis de serem acessados e desta forma erros simples podem ter resultados terríveis como imagens estourando em cores e brilho .

Conclusão final :

Testes de câmeras e comparativos devem ser sempre executados no mesmo local e equipamentos, utilizamos em nossa bancada um monitor LG Ultra Wide com 2 entradas HDMI simultâneas e desta forma a comparação e mais confiável.

Sempre em seus testes simples use o browser de seu computador e com as configurações idênticas de resolução e de cores.

O uso de celular para testes e relativamente falho pois temos aparelhos com resolução de tela de HD a 4k e desta forma os resultados vão sempre variar.

Estaremos na próxima semana analisando smartphones que melhor se comportam com aplicações de CFTV e sua eficiência.

Compartilhe, questione e comente !

Artigos relacionados:

sobre bitrate e redes

resoluções de visualização

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta