H265+ o futuro dos codecs ja esta disponivel em analogico

H265+ o futuro dos codecs ja esta disponivel em analogico

Atualmente os discos rígidos são uns dos itens mais caros em um projeto de vídeo monitoramento, por muitas vezes ultrapassando o custo do DVR ou NVR.

No inicio da era dos DVRs era comum muitos técnicos por verem sempre a nomenclatura na frente do gabinete e confundirem com a marca, vamos explicar:

H.264 é um padrão para compressão de vídeo, baseado no MPEG-4 Part 10 ou AVC (Advanced Video Coding).[1] O padrão foi desenvolvido pela ITU-T Video Coding Experts Group (VCEG) em conjunto com a ISO/IEC MPEG que formaram uma parceria conhecida por Joint Video Team (JVT). A versão final, formalmente chamada por ISO/IEC 14496-10), foi lançada em Maio de 2003.

Vários anos atrás, a câmera de vigilância ultra-HD foi desenvolvida. No entanto, não é amplamente aplicado até agora porque requer grande largura de banda de transmissão e massa capacidade de armazenamento. Assim, como limitar a taxa de bits do fluxo de vídeo ultra HD torna-se um problema crítico que decide a popularidade da câmera ultra-HD. A tecnologia H.265 + é um algoritmo inteligente desenvolvido pela Hikvision. É notável tecnologia de codificação baseada no padrão H.265 / HEVC (High Efficiency Video Coding) e é otimizado enquanto se considera os seguintes recursos do vídeo de vigilância.  A informação de fundo permanece estável e raramente muda.  Os objetos em movimento podem aparecer apenas várias vezes em uma parte substancial de vídeos de vigilância.  O visualizador se concentra principalmente nos objetos em movimento.  Vigilância sem escalas 24 horas e o ruído no vídeo tem um desempenho relativamente grande impacto na qualidade da imagem. H.265 + é capaz de diminuir consideravelmente a taxa de bits do vídeo de vigilância, de modo a reduzir o largura de banda e custo de armazenamento.

Basicamente seriam só siglas? ou a imagem H265+ tem perda de qualidade em relação a H264?
  • A resposta é não, o H265+ é a evolução do H265 que por si já é a evolução do H264.
  • Não existe perda de qualidade pois o método de codificação do h265+ é evoluído em relação aos demais anteriores.

Não iremos entrar em detalhes técnicos sobre a codificação ou detecção dos codecs mas mostraremos como sempre na prática como isso funciona e seu resultado:

Nesta Imagem é nítida a diferença de consumo de disco em mesmas resoluções .

Como o gráfico mostra mesmo em sistemas analógicos existe um bitrate tão elevado quanto a sistemas IP e neste caso também a evolução é enorme.

Nesta foto temos uma câmera IP da linha Easy Ip da Hikvision e um DVR Turbo HD 4.0 ambos ja com o codec H265+

Conclusão: o codec H265+ surge como uma evolução para o mercado de video monitoramento, setor onde conforme mencionamos o custo de disco é fato decisivo na compra da solução, buscar tais tecnologias é item obrigatório para os profissionais que buscam oferecer soluções atuais a seus clientes.

O uso de discos apropriados para estas aplicações é outro item muito importante! como fonte de referencia a baixo compartilhamos o artigo sobre H265 do amigo Claudio Almeida e um artigo sobre discos Seagate Skyhawk

dentre os equipamentos testados por nossa equipe, mais uma vez a Hikvision sai na frente tanto na codificação quanto em suporte a gravação a unidades de armazenamento em rede NAS.

Entre as marcas analisadas somente a Hikvision oferece a codificação H265+ na sua linha Turbo HD 4.0

http://www.institutocftv.com.br/h.265.html

https://www.cftvbrasilclube.com.br/assista-a-hd-seagate-skyhawk-em-90-segundos-no-youtube/

Este post tem 6 comentários

Deixe uma resposta